Prêmio CTAV

Em sua primeira edição, o Levante convidou todos os cineastas selecionados a enviarem um projeto de filme para concorrer ao prêmio do Centro Técnico Audiovisual (CTAv), um de nossos principais apoiadores. O intuito era de incentivar a produção de projetos audiovisual que estivessem na fase de desenvolvimento (não podendo concorrer projetos que já estavam em pós-produção). Assim, além do festival funcionar como um espaço de reflexão cinematográfica, gostaríamos de ajudar os realizadores selecionados, espalhados em cada canto do país, a conseguirem esforços de produção para suas próximas empreitadas audiovisuais.

O projeto vencedor, dessa forma, receberá do Centro Técnico Audiovisual os seguintes louros: empréstimo de uma câmera Black Magic para gravação, além de acessórios e equipamentos audiovisuais para que a obra possa ser realizada. Este empréstimo terá prazo de duas semanas.

Para selecionar estes projetos enviados, escolhemos três profissionais especiais na área, que fazem parte do corpo dos Cursos de Cinema da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), um dos apoiadores e parceiros do Levante. São eles:

Guilherme da Rosa

Professor de cinema e pesquisador.

É mestre e doutor em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2008 e 2014). Professor da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) nos cursos de Cinema de Animação, Cinema & Audiovisual e Design. Participa ativamente no Fórum Brasileiro de Ensino de Cinema e Audiovisual (Forcine) desde 2015. É pai da Clara, desde 2017.

Lanza Xavier

Professora de cinema, pesquisadora e produtora audiovisual.

Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Católica de Pelotas (2003) e mestrado em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2006). Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal de Pelotas nos cursos de Cinema de Animação e Cinema & Audiovisual. Integra a equipe da Diretoria do FORCINE, Gestão 2021-2022. Doutoranda em Educação pela UFPel. Mãe do Theo (9 anos) e da Nalu (5 anos).

Roberto Cotta

Crítico de cinema, professor e editor da Revista Rocinante.

Professor dos cursos de Cinema e Audiovisual e Cinema de Animação da UFPel, coordenador do Zero4 Cineclube, crítico e um dos editores da revista Rocinante. Também é membro da Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul (ACCIRS) e da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (ABRACCINE).


search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close